Rio de Janeiro

Rio de Janeiro: professores e alunos marcam manifestação contra o calote da Universidade Cândido Mendes

Nesta segunda (06/03), às 12h, professores da Graduação e estudantes do Instituto de Pesquisa que pertence à Universidade Cândido Mendes (Iuperj/UCAM) promovem ato contra o não pagamento de salários e o risco de não conclusão dos cursos de humanas, na unidade do Centro do Rio.

Em dezembro de 2016, depois de quatro meses sem diálogo com a instituição ou qualquer proposta de quitação da dívida, o corpo docente entrou em greve com o apoio dos alunos.

A UCAM foi acionada pela Defensoria Pública do Estado/RJ, pelo sindicato dos profissionais da Educação (Sinpro/RJ), pelo Diretório Acadêmico e pelo deputado estadual Carlos Minc. A União Estadual dos Estudantes (UEE) e o vereador Reimont – na ocasião, presidente da Comissão de Educação da Câmara dos Vereadores do Rio – também se posicionaram favoráveis à luta contra a precarização das relações trabalhistas e da educação.

NENHUM DOS REPRESENTANTES ACIMA OBTEVE RESPOSTA DA INSTITUIÇÃO.

Dados da manifestação:

QUANDO: Segunda (06/03), ÀS 12:00hrs.
ONDE: Cândido Mendes – Unidade Centro – Rua da Assembleia, 10 – Pç. XV (próximo ao Palácio Tiradentes – ALERJ).

Comentários do Facebook

Comentários

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

To Top