Internacional

Protesto e Resistência Sioux contra o oleoduto em Dakota do Norte

Os povos indígenas acreditam que um vazamento poderia ameaçar o abastecimento de água não só a reserva, mas 18 milhões de pessoas na bacia do rio Missouri

Membros da reserva Sioux – Standing Rock, centro-oeste dos Estados Unidos, realizam constantes protestos contra a construção de um oleoduto em Dakota do Norte, denunciando o risco de destruição  dos cemitérios sagrados e locais culturais de grande significado ancestral. Ele também denunciam o impacto que essas instalações poderiam causar ao meio ambiente e as ameaças à vida nesta reserva indígena, que tem mobilizado autoridades tradicionais, insatisfeitas com o oleoduto que atravessa quatro estados em terra indigenas.

O gasoduto Dakota Access, de 3,78 bilhões de dólares, vai atravessar o rio Missouri, a apenas 800 metros acima do reserva Standing Rock tomada de água siouxem em Dakota do Norte. Os povos indígenas acreditam que um vazamento poderia ameaçar o abastecimento de água não só a reserva, mas 18 milhões de pessoas na bacia do rio Missouri.

ETP é um dos maiores produtores de petróleo do mundo e Dakota Access é seu grande projeto: Um duto de aço de 30 polegadas instalado cerca de 1.900 metros abaixo de campos e rios, e dos depósitos de óleo de xisto Bakken até o fim do oleoduto em Illinois . De acordo com declarações da empresa, a linha terá a capacidade de mover cerca de 570.000 barris de petróleo por dia.

A resistência Sioux nestes territórios é parte da defesa ativa da terra e das águas, que exige o respeito pelos direitos indígenas e também o respeito pelo ambiente que foi gravemente afetado por este tipo de indústrias extrativas. A luta Sioux, nesse sentido, é emblemática e cada vez mais está ganhando força, mobilizando centenas e centenas de pessoas.

Veja o vídeo de Telesur sobre os protestos indígenas em Dakota do Norte.

Comentários do Facebook

Comentários

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

To Top