Rio de Janeiro

Pezão herdeiro do Estado criminoso deveria estar preso junto com Cabral

No Rio de Janeiro vivemos uma administração criminosa herdada do ex-governador Sérgio Cabral(encarcerado). O governador Pezão desde do inicio das Olimpíadas de 2016, vem atrasando os pagamentos dos funcionários públicos efetivos, aposentados e pensionistas.

Uma semana antes das Olimpíadas 2016, “o governo Temer” libera um bilhão de reais para a segurança pública, alegando falta de verba no Governo do Estado devido a queda dos Royalties do Petróleo.

Um ano e dois meses já se passaram, e nada resolvido, às artimanhas maléficas ou maquiavélicas do Estado(Pezão) continuam acontecendo no sentido de saquear e liquidar o Estado absurdamente , tudo isso com apoio das instituições financeiras, mídia corporativa e empresários.

O bicho do Pé Grande de Barra de Piraí, recentemente fez um acordo com o Governo Federal de postergar à dívida do Estado. No entanto, Na atual conjuntura, os funcionários públicos efetivos, aposentados e pensionistas ainda estão com os pagamentos atrasados.

A economia do Rio de Janeiro gira em torno do funcionalismo público e petróleo. Os Royalties do Petróleo serão pagos em breve para o Estado do Rio de Janeiro no valor de um bilhão e seiscentos milhões de reais na alta do mercado no ano de 2016/2017.

O bicho do pé grande se comprometeu a pagar os atrasados diversas vezes nos canais de televisão(TV Globo e Record), e até agora nenhuma gota de centavo na conta dos servidores públicos efetivos, aposentados e pensionistas.

O Ministério Público do Rio de Janeiro e OAB deveriam encaminhar um processo da execução da dívida do Estado com o seu Povo, e solicitar a prisão preventiva para o atual governador do Estado do Rio de Janeiro, por falta de pagamento do ordenado do funcionalismo público no caso de não honrar as suas obrigações.

Comentários do Facebook

Comentários

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

To Top