Midiativismo

Mariachi processará revista Veja por danos materiais e morais

Na tarde desta terça-feira, dia 18 de outubro de 2016, fomos alertados por seguidores do coletivo, que um de nossos vídeos estaria sendo utilizado na campanha eleitoral de Marcelo Crivella (PRB) candidato a prefeitura da cidade do Rio de Janeiro. O vídeo [1] que foi gravado por um membro do nosso coletivo no dia 11 de setembro de 2013 traz uma entrevista exclusiva com o então Deputado Estadual Marcelo Freixo, que relata os trâmites da votação da lei “anti-máscaras” na ALERJ. Na entrevista Freixo também opina sobre a tática Black Bloc.

O vídeo veiculado na campanha de Marcelo Crivella (em diversos horários e em todos os canais de TV, incluindo o horário nobre), é uma re-edição publicada no blog do jornalista Felipe Moura Brasil, da revista VEJA, que utilizou nosso material sem a devida autorização.

O coletivo Mariachi é um coletivo de midiativismo e foi criado exatamente para expor o outro lado da narrativa “oficial”, o outro lado da narrativa da mídia corporativa e manipuladora e por isso, rechaça veementemente o uso de nosso conteúdo por veículos que pertencem as 11 famílias que controlam a mídia no Brasil.

O coletivo Mariachi antes de tudo é um coletivo anarquista e não irá tolerar o uso de seu material em campanhas eleitorais de qualquer partido político, seja da Direita ou da Esquerda eleitoreira.

Estamos entrando com um pedido na Justiça para retirar do ar o vídeo que está sendo veiculado nos principais canais de TV e iremos processar por danos morais e materiais a editora Abril, proprietária da revista VEJA, o jornalista Felipe Moura Brasil e a candidatura do senador Marcelo Crivella.

Não passarão!
1 – Vídeo do Coletivo Mariachi

2 – Vídeo reeditado pela VEJA e utilizado na campanha de Marcelo Crivella

Imagem: Montagem com a obra “Assassinos” de Gil Vicente

Comentários do Facebook

Comentários

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

To Top