Rio de Janeiro

Sérgio Cabral e Andriana Ancelmo: Casal 20 da corrupção é enquadrado pela justiça

#RioDeJaneiro Adriana Ancelmo, esposa do ex-governador Sérgio Cabral, presa nessa semana, aparece em fotos na imprensa com uniforme da SEAP (Secretaria Estadual de Administração Penitenciária).

Envolvida em casos de corrupção na quadrilha do marido que roubou pelo menos 224 milhões de reais em esquemas com empreiteiras, Adriana se encontra no presídio Joaquim Ferreira no Complexo Penitenciário de Gericinó.

Acusada de corrupção, lavagem de dinheiro e organização criminosa pela Lava-Jato no Rio, Adriana teve a prisão decretada pela Justiça Federal e se apresentou por volta das 17h desta terça-feira ao juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal do Rio.

O esquema com empreiteiras bancou uma vida de luxo para Cabral, Adriana e outros envolvidos. O dinheiro de propina pagou viagens internacionais, idas a restaurantes sofisticados, uso de lanchas e helicópteros e compras de joias.

Uma das joias foi um anel avaliado em 800 mil reais que Adriana recebeu de presente durante uma viagem a Mônaco. O anel foi pago pelo empresário Fernando Cavendish, ex-dono da construtora Delta.

Cabral se utilizou de um sistema de contabilidade paralelo da joalheria Antonio Bernardo. Segundo uma gerente, o ex-governador comprou mais de 5 milhões de reais em joias por esse sistema. Na joalheira H.Stern, Cabral comprou joias no valor de 2 milhões de reais. As compras eram feitas em dinheiro vivo, sem a emissão de notas fiscais.

Comentários do Facebook

Comentários

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

To Top