Rio de Janeiro

Bruno Alves – Presente na Luta!

Na noite de 29 de setembro, recebemos em nossa Redação, através de estudantes que ocupam o bandejão da Uerj, a triste notícia do falecimento do companheiro Bruno Alves dos Santos.

Por Rafael Gomes – A Nova Democracia

Segundo informações enviadas pelos estudantes, Bruno foi atropelado por um trem pouco tempo após sair da ocupação do bandejão, luta esta que o jovem acompanhou desde o primeiro dia. Ele era estudante de História da Uerj e ativo militante das causas populares, além de ser um antigo distribuidor do jornal A Voz da Favela.

Em depoimento ao AND, um amigo do ativista que também participa da ocupação na Uerj afirmou que “Bruno sempre esteve presente nas lutas travadas pela Juventude Combatente, como na multitudinária manifestação de 17 de junho de 2013, ocasião em que levou um tiro de arma letal no ombro”. Nossa reportagem acompanhou de perto estes acontecimentos ocorridos na histórica Batalha da Alerj.

E o amigo de Bruno prosseguiu: “Mesmo atingido, o jovem militante, sempre com seu jeito tranquilo e amigável, manteve a serenidade com a justa convicção de que estava na rua lutando por algo justo, pelos direitos do povo”.

Seu enterro foi realizado no último domingo, dia 1º de outubro, no cemitério Jardim da Saudade, em Sulacap, Zona Oeste do Rio. Muitos amigos e companheiros de luta estiveram presentes para prestar a última homenagem ao jovem militante popular.

Em nota, a Agência de Notícias das Favelas e o Jornal A Voz da Favela lamentaram profundamente o falecimento do distribuidor Bruno Alves dos Santos: “Sempre na luta pela educação pública de pobres e pretos dessa cidade. Sentimos um orgulho imenso de ter feito parte de sua bonita trajetória e de mais este jovem negro e periférico ter se dedicado por anos às causas de seus irmãos. Voa, Bruno! Jamais te esqueceremos”.

Comentários do Facebook

Comentários

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

To Top