Rio de Janeiro

Ato contra o desmonte da saúde e educação no Rio de Janeiro

Cerca de 2 mil pessoas se concentraram na Candelária e marcharam até a Cinelândia, no centro do Rio.

Trabalhadores denunciaram o desmonte da saúde e da educação em um conluio dos governos federal, estadual e municipal, que ataca diretamente os direitos do povo.

O ato teve a presença de professores e estudantes da UERJ, agentes comunitários de saúde das Clínicas da Família, movimento anti-manicomial, indígenas e movimentos contra o genocídio da juventude negra. Que também denunciaram a ocupação do Exército na cidade e as ações policiais nas favelas.

A polícia militar revistou mochilas de manifestantes e até o fechamento dessa reportagem nenhuma pessoa havia sido detida.

Comentários do Facebook

Comentários

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

To Top