Internacional

Ataques explosivos e incendiários contra a infraestrutura ferroviária antes do encontro da cúpula do G20 em Hamburgo na Alemanha

Em meados de acontecer o encontro do grupo formado pelos ministros de Estado, ministros de finanças e chefes dos bancos centrais das 19 maiores economias do mundo mais a União Europeia, G20, nos dias 7, 8 e 9 de julho em Hamburgo na Alemanha, ataques incendiários e explosivos estão acontecendo nessa noite de quarta-feira, 5 de julho. Esses ataques estão se concentrando na maior parte da rede ferroviária do país, paralisando e causando enormes atrasos em rotas nas grandes cidades. Um grupo chamado “Shut Down G-20” assumiu a responsabilidade e definiu essas ações como “Um assalto no sistema nervoso central do Capitalismo”.

As vésperas desse grande encontro há protestos em inúmeras cidades e forte repressão da polícia alemã, que além de estar detendo manifestantes, está desfazendo, a base da força, os acampamentos montados por ativistas da Europa e de todo mundo que viajaram até o local depois do chamado mundial contra o G-20.



Protestos e ações coordenadas em grande escala estão marcados para o dia do encontro da grande cúpula do G-20 em Hamburgo na Alemanha, onde estarão presentes os maiores ditadores do mundo incluindo, Donald Trump, Vladimir Putin, Michel Temer, Erdoğan e outros.

R.I.A
“Que as chamas da insurreição iluminem o caminho para a liberdade”
 

 

Comentários do Facebook

Comentários

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

To Top