Brasil

A elite global não tem agenda. Quem tem agenda é o clube da São Salvador

Essa coisa de pensar uma “elite global” se organizando como se fosse o sindicato dos garis é uma piração que no fundo só mesmo Freud explica.  Imagine você, as maiores fortunas do mundo se reunindo para discutir assuntos do próprio interesse?

Que absurdo!

Imaginar essa gente investindo em think tanks, como esse tal  “Movimento Brasil Livre”, influenciando e manipulando a política e os mercados nacionais mundo afora com o poderio de quem tem mais renda do que 99% da humanidade?

É totalmente absurdo e pra dizer a verdade… irrelevante!

Afinal, essa coisa de globalização não foi pensada e articulada por esse povo do 1%. Isso é tudo papo furado! Esse papo de fundação Ford, Carnegie, Rockefeller, Open Society… É tudo a título de caridade!  Não tem nada a ver com política, CIA etc.  É tudo balela. Teoria da Conspiração. Papo de maluco.

Pouca gente sabe, mas tudo isso que influencia o mundo atual foi criado e pensado na Praça São Salvador, no Rio de Janeiro. O local é uma espécie de Academia de Platão do século XXI.  E tudo isso que vem ocorrendo no mundo, foi tudo articulado por lá!  Entre um bate papo e outro, entre o sobe e desce do São Carlos e da Rua Pereira da Silva,  tudo isso acabou saindo do controle. Do início dos anos 90 pra cá essa turma perdeu a linha. Um absurdo!

Aquele clima pacífico de um século XX sem intervenções políticas e militares, de respeito a soberania nacional, cada um vivendo na paz em seu próprio território, sem nenhuma influência de nenhum “império”.

E lá vem queda de muro! E de uma hora pra outra dá-lhe mercados globalizados. Dá-lhe pânico com a notícia da escassez dos combustíveis fosseis.

Meu Deus! Era a hecatombe!

E foi descendo a Pereira da Silva que Al Gore percebeu que havia alguma coisa errada com a emissão de CO2. Era muita fumaça… Muita fumaça. Fumaça demais!

E aquilo foi uma catarse!  A visão daquela praça lotada, um calor de 40º… e fumaça!  Fumaça demais.  Aquilo era o aquecimento global, só podia ser!

E dá-lhe criar agenda pra substituir todas as fontes de energia por fontes renováveis. Bilhões de investimentos dos governos nacionais.  O petróleo ia acabar. O petróleo praticamente já havia acabado. Aquela fumaça toda iria intoxicar o mundo. Era muito CO².  Uma calamidade!

Foi uma avalanche de notícias, um corre corre de manchetes dizendo que o mar subiria 10 metros, tomaria o Parque do Flamengo, inundaria a Lapa e chegaria enfim em Laranjeiras: O apocalipse!

A mídia da São Salvador não tinha escolha! Precisava alardear a notícia pelos 4 cantos do mundo e o preço do petróleo foi parar na lua.

Era muita escassez… Era a reserva técnica!  E quando o produto é escasso, meu amigo, o malando cobra o dobro, o triplo e ainda demora pra entregar! É uma tortura!  E a mão invisível do mercado  fez o preço subir demais e enriqueceu todos os fornecedores da Lapa a São Salvador.   Nunca antes na história da humanidade um barril de petróleo havia sido vendido por US$ 132. Nunca!  Quer ver a desgraça de pobre? Faça ele ganhar na loteria!

E era a hora de renovar as fontes de energia.  Precisavam renovar. E o politburo da São Salvador mandou um ultimato para o terceiro mundo:  Gastem bilhões em energias renováveis, destruam parte de suas florestas, que nós aqui iremos enviar artistas de Hollywood pra fazer campanha contra o que vocês fizerem. Uma canalhice sem tamanho! E mandaram o James Cameron com o Titanic e todos os Avatares. Foi um espetáculo! Até hoje o Leonardo DiCaprio fala do aquecimento Global. O Molion gargalhou assistindo o Oscar e não foi culpa da Glória Pires! Foi o discurso do Dicaprio! Ele não aguentou!

Mas Deus é sarcástico. Ele acabou com o Black Bloc RJ. Ele guiou aquele rojão pra evitar um mal maior.  E da mesma forma que ele mudou a direção do rojão, ele fez o Lula descobrir o pré-sal no meio de um boom no preço do petróleo. É um fanfarrão, um brincalhão!  E o Lula que se achava esperto demais…

Enquanto isso a turma da São Salvador, na miúda, estava lá pesquisando novas tecnologias para extrair o petróleo de Xisto. E conseguiram, já não era mais escasso. Tinham petróleo demais!   Era muito petróleo!  Um oceano de petróleo. Na verdade nunca havia faltado petróleo!

Na surdina o povo da São Salvador já havia fechado um acordo com a malandragem. Não queriam concorrência: “Aqui é uma facção só”, diziam eles. “Essa coisa de 3 facções é pra amador.” Vai que decidem criar uma moeda única e nos obrigam a fazer reserva e mercado internacional com ela? Que horror! Somos nós que fazemos isso! ”  Como é que vamos continuar a converter papel e números digitais em diamantes, em ouro ou qualquer outra riqueza do planeta Terra?  Não pode! Seria o fim!”

E o PT e o Lula, meus amigos? Já haviam comprado até uma refinaria nos States, pagando tudo no preço da alta. Eles não entendem nada de mercado.

Até a associação internacional das donas de casa já havia promulgado uma resolução proibindo a compra em preços de alta. Se a carne está cara, compra-se o frango.   Meus Deus!

Eles viviam repetindo que “A economia é motor da história”,  mas não aprenderam nada sobre mercado, nem sobre supermercado.   Que absurdo!

Enfim o Eike Batista descobriu que não era burguês. Não era. Não tinha o monopólio da emissão de moeda indexadora, nem tinha bomba atômica, não tinha tecnologia, nem inovação, não tinha mídia global. Só tinha dinheiro e mais nada. Era só um pobre coitado cheio de dinheiro. Que absurdo!

E a catástrofe estava anunciada. A galera da São Salvador se reuniu com o povo da Lapa e mandaram o papo reto: “China, Russia, Brasil, Índia, Africa do Sul juntos? Isso é a metade da população global. Não pode!  Vai atrapalhar os negócios! Acabou a festa!”

E o povo achou que tudo aconteceu por conta da briga do PT com o PSDB, que horror!

E o preço do petróleo caiu de US$ 100 para US$ 20 em menos de 6 meses. A maior queda de preço da história da humanidade.

E no final da historia alguns especialistas da mídia da São Salvador, divulgaram  que o problema na verdade era por conta de um esquema de corrupção na Petrobrás.

Quem poderia imaginar isso, que haveria corrupção na Petrobrás?  Era tudo culpa da corrupção na Petrobrás!

E a crise chegou e é crise demais! Dizem que é a maior crise da história da humanidade!

Na mídia da São Salvador não se fala de outra coisa,  é crise 24 horas.  O objetivo é drenar todo o dinheiro ganho na alta do petróleo.

E o projeto do Lula e da Dilma acabou.  Acabou o projeto do Chávez e do Maduro. Acabou o projeto da Cristina.

Projetos modernos demais! Eram avançados demais. Inovação, ciência e tecnologia demais.  Estratégia a longo prazo demais.

Como diz o outro: Estavam muito a frente do seu tempo e ninguém  conseguiu entender nada!

E Deus gargalhou!

E a São Salvador continua se reunindo e articulando da mesma forma que o sindicato dos garis.

Um absurdo!

Comentários do Facebook

Comentários

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

To Top